****Prospectores de Portugal****

Detecção de Metais
 
 FórumFórum  Conectar-se  FAQFAQ  Registrar-seRegistrar-se  InícioInício  
tradutor
Custom Search
Tópicos similares
Custom Search
Mundo.pt
Classifique-nos no
mundoPT

Compartilhe | 
 

 Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
AutorMensagem
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 12:14

Caros colegas

Estou a mexer e a iniciar uma tentativa de legalizar a prospecção na praia, realmente Portugal na comunidade de detectores é algo gozado com esta lei existente...
não podemos esqueçer que em tempos O Portugues era dos povos mais respeitados do mundo, dominou o comércio mundial, colonizou meio mundo, viajou e explorou onde nenhum Homen antes tinha ido.

E também em tempo mais recentes revoltou se e uniu se contra uma ditadura ( o famos 25 de Abril )

se calhar teremos de fazer como os nossos irmãos primos, amigos e vizinhos, porcurar outro país para estar a vontade e prospectarmos como ´é feito hoje em dia no trabalho e na procura de vencimento mensal, termos de abandonarmos as nossas familias amigos e país onde nasçemos....

Não esqueçemos que havendo vontade e união nada impossivel é.

pisca 

----------------------------------------------------------------------------------------





O acto da utilização de um detector de metais na praia é um passatempo real, praticado por muitos só que infelizmente para o praticante o mesmo não é reconhecido pela ``lei´´ e é senão considerado uma actividade ilegal, aqui inicio o meu apelo, movimento que irei seguir com toda a devida determinação e convicção para que possua se praticar o mesmo sem receio de sermos marginalizados ou penalizados pela Lei.

 
O detectorismo praticado na praia tem como benefícios as seguintes.
 
Limpeza:
 
A limpeza geral das praias, faz parte da ética de um detectorista remover todo o lixo que é alvo do seu detector e colocar o mesmo na reciclagem. Em anexo apresento organizações voluntárias que periodicamente fazem o mesmo, nos o detectorista também queremos dar o nosso contributo voluntário, para cuidar do nosso ambiente e o nosso património ricissimo e muito procurado por muitos, as praias.

 
Formação / educação/ mudança da mentalidade:
 
É senão impressionante o que um detectorista aprende no decorrer do seu passatempo, a quantidade de lixo abandonado nas praias, o pouco respeito pelo ambiente e a falta de educação referente ao nosso impacto no nosso ambiente.

Se somente um detectorista possua influenciar e mudar a mentalidade de um utilizador da praia e esse individuo por sua vez retransmitir os mesmo a um terceiro, forma se uma cadeia de indivíduos sensibilizados as acções e consequências de poluentes, tornando o mundo cidadão por cidadão um lugar mais em equilíbrio e respeitador da natureza.  

 
Beneficio moral / sentimental / emocional:
 
Anunciar e devolver aos proprietários pertences de valor sentimental tais como alianças e outras jóias, muitas das vezes heranças da familiares já falecidos e insubstituíveis e sem preço. Se algum de vos no passado tivesse a infelicidade de perder algo de valor sentimental incalculável, será senão solidário com este pequeno beneficio.

 

Economia;
 
Recolher e reintroduzir no círculo financeiro moedas correntes perdidas pelos utilizadores das praias, que para além de estarem perdidas e sem benefício ao nosso sistema monetário ou económico são senão poluentes que com a acção corrosiva do mar salgado e abrasivo da areia irão se deteriorar e poluir o seu ambiente redor.

Se uma sessão ou ida a praia render ao praticante um valor monetário em moedas de € 10.oo ou até € 20.oo  é mais esse dinheiro físico que um contribuinte tem para por novamente no circulo monetário, possivelmente fazendo consumos adicionais que anteriormente não fazia beneficiando o comercio local directamente e indirectamente.

 
Perca de receita:
 
Para exercer tal modalidade, haveria de requerer 2 coisas essenciais a boa pratica do mesmo.
 
1º  

licença

Concedida para a prospecção na praia (somente na praia / sob condicionamento de horário e local), não abrangido a prospecção subaquática, salvaguardando assim património subaquático e não entrando em conflito com a arqueologia subaquática, reservado aos profissionais, se as entidades competentes cobrassem um valor monetário aos pretendidos ``prospectores´´ calcula se uma receita ao favor da entidade regulador ou responsável significativo, tal como sucede na pesca lúcida.

 


Responsabilidade civil.

É senão sensato e responsável um praticante desta modalidade requisitar um seguro de responsabilidade civil, vai sem dizer que esta actividade requer uma ligeira escavação ao remover o objecto alvo, ou em muitas das vezes o lixo e poluentes, embora a nossa ética e código de conduta obriga no a tapar quaisquer buracos ou após a extracção do objecto / lixo e poluente e sair do local deixando o mesmo tal conforma na encontrou, menos o objecto alvo, ou lixo / poluente.

            Não é sem possibilidade de que um buraco possua passar esquecido, caso esse buraco ou as acções de um praticante desta modalidade venha causar danos o mesmo e abrangido pelo seguro.

           
Reciclagem:

Se cada detectorista for cumpridora da ética que envolve a modalidade, por sessão ou ida a praia estima se que recolhe se um mínimo de 1 kilo de lixo, maioritariamente composto pró, caricas, ``pulltabs´´ folha de alumínio, pacotes de cigarros, pilhas, contentores de plástico, etc,

            No período de um ano remove se uma quantidade significativa de poluentes das praias, coloca se na reciclagem uma quantidade de materiais recicláveis como o alumínio que sendo reciclado utiliza somente 5 % da energia na sua transformação de que na sua produção inicial. Plástico utiliza somente 10 %, um décimo, vidro 30 %, trinta porcento, e no caso do papel 60 % sessenta porcento.
 
Saúde / sistema nacional de saúde:

É facto que neste nosso século, e mais nestas ultimas décadas, o ser humano em geral e a humanidade esta a passar um tempo de crise e tem um estilo de vida diferente daquela para o qual a nossa maquina maravilhosa ( o corpo Humano ) foi concebido. Vidas sedentárias, ma alimentação, abusos, stress e a falta de actividade física tem posto os seres Humanos e a sistema de saúde sob um imenso esforço, é considerado por peritos a epidemia do século XXI.

O exercício regular, como caminhadas, esta comprovado pelos mais entendidos um factor de extrema beneficio, reduzindo significativamente o risco de complicações de saúde e doenças crónicas, que por sua vez reduz a dependência ao já sob carregado e quase esgotado sistema de saúde nacional.

Não esquecendo o facto também comprovado de que um corpo saudável uma mente também saudável, reduzindo a dependência de apoio emocional e mental consequência de um estilo de vida stressante e exigente.

 
Aqui deixo o inicio de um trabalho que vai levar muito tempo, paciência e persistência, mas irei fazer o meu apelo perante a organizações ambientalistas, de saúde seja fisica ou emocional, a instituições de caridade necessitadas de receita, a disponibilizar percentagens da receita proveniente desta modalidade, a arqueólogos para que se possua praticar sem entrar em conflito com o património nacional e internacional subaquático, a policia marítima entidade reguladora das praias.

Enfim darei o meu melhor e apresentarei um bom apelo ao bom senso e a legalização desta modalidade.

 
Como é sabido, sou estrangeiro as vezes existem dificuldades na língua, é uma batalha enorme a travar sozinho, mas mesmo assim irei assim fazer, peço vos a vossa ajuda, nem que seja na recolha de assinaturas, ou no facto que por vezes conhecemos alguém, que por sua vez, conhece alguma que possua ser útil e uma mais-valia neste apelo a liberdade de uma pratico que só traz benefícios…….

 

Abraço

E contando com o vosso apoio.

O vosso amigo e camarada Moncó
























tentei dentro das minhas limitações academicas apresentar um bom apelo, peço aos membros ainda no activo na prospecção nas praias o favor de fotografarem todo o lixo que é recolhido e removido para dar mais credabilidade ao acima exposto, documentam se faz favor tudo, assim também irei fazer...

Obrigado

129 


Última edição por Moncó em Ter 30 Jul 2013, 13:31, editado 4 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
amorais
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 11/10/2010
Idade : 45
Localização : CALLAECI BRACARENSES

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 12:23

Tens o meu apoio. Vou de tarde à praia fotografar o lixo. Aproveito levo o pro pointer k acabou de chegar.....LOL
Voltar ao Topo Ir em baixo
LOUIS XIV
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 06/12/2012

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 12:33

Bem este apelo fazia falta e ainda bem que estas a mexer no assunto. 

Tens todo o meu apoio. Penso que um baixo assinado será optimo.


Os meus parabens pela iniciativa e temos que tentar deixar este topico o mais

tempo aberto possível para toda gente tomar conhecimento.

Numa praia onde houve batalhas é normal ser proibido pela nossa segurança 

mas não me parece que tenha sido o caso em Portugal portanto...

Vamos a luta... 104 104 104 104
Voltar ao Topo Ir em baixo
jose teixeira
Membro Ouro
Membro Ouro


Data de inscrição : 28/03/2013
Idade : 22
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 12:36

também tens o meu apoio! Very Happy
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 12:58

Toda a gente pode fazer um pouco de pesquisa nas categorias destacados como,
Limpeza, reciclagem, economia, moral / sentimental, é só pesquisarem um pouco, obtermos cópia dos relates e colocarmos aqui no forum neste mesmo topico...
Quanto mais relates de acções exemplares como devolver alianças aos seus legitimos donos, limpeza etc, etc, é complementar..

O acima é um breve apleo ou uma minuta, pretendo comprovar com facto documentado o declarado, e apresentar em termos de receita um genaro de estudo de viabilidade...

é fundamentalmente apresentação de um projecto com o estudo de viabilidade, retorno sob investimento e benificios sociais e ambientais...

Façam contactos, mexam com cunhas, digam me onde devo apresentar esta apelo,ajudam me na sua elaboração, que assim farei..não vou desistir....

Atenção esta apelo destina se apensa praias, uma coisa de cada vez, Roma não se fez num dia.....pisca 
Voltar ao Topo Ir em baixo
JPSAV
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 28/05/2012
Idade : 48
Localização : Gallaecia

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 13:12

Apoiado!

Parabéns pela iniciativa!

104
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 13:44

Vou tentar iniciar uma associação...

Digamos associação regional de prospecção nas praias, vou tentar iniciar o mesmo aqui no Algarve com membros daqui, todos são bem vindos, mas agradeço a ajuda de qualquer um, tentar hei fazer um projecto estudo para ver como funciona com a fiscalização das entidades associados e interessados para ver os resultados, se ninguem se opor e tudo correr bem gostaria que o projecto se espalhasse nacionalmente..

Mas fala-se, fala-se a nada se faz. possivelmente não vai dar em nada, mas haveriamos de tentar..
é que não existe argumento contra, não entra em conflito com a arqueologia, e é incompreensivel...

é somente um caso de ,, não podem porque NOS não queremos..
desculpem lá mas teem de apresentar um argumento um pouco melhor e mais forte de que este.

Faço o convito ao Katano e redking que são meus `` vizinhos´´ para mostrarem o seu apoio, e necessitando estamos todos a uns kilometros uns dos outros..
Voltar ao Topo Ir em baixo
bessa1970
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 21/10/2011
Idade : 46
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 15:52

Fantástico trabalho.........tive a ler e sinceramente gostei imenso do que li.........tudo o que escreveste faz sentido......parabéns pela dedicação ao projeto e ao fórum.........muito bom mesmo.
Não sou muito de praias........mas ajudo no que for preciso........
Voltar ao Topo Ir em baixo
rubencamacho
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 11/10/2010
Idade : 34
Localização : frança

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 16:04

Força tens o meu apoio
Voltar ao Topo Ir em baixo
Detect
Membro Cobre
Membro Cobre


Data de inscrição : 28/07/2013
Localização : Alenquer

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 16:38

Boa ideia tens o meu apoio ! 125
Voltar ao Topo Ir em baixo
timetraveler
Membro Bronze
Membro Bronze
avatar

Data de inscrição : 30/05/2013
Localização : Minho

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 17:06

Colegas necessito de uma ajudinha. Preciso de saber ao certo, e com grande certeza, quais os países da União Europeia onde se pode praticar a prospecção de metais em praias marítimas. Estes dados vão ser muitos úteis para a elaboração de um abaixo assinado. Desta forma conseguiremos facilmente, e com base em factos, demonstrar aos nossos legisladores que em países ditos "tecnologicamente desenvolvidos" e nossos parceiros europeus, é possível de forma legal e legitima praticar esta actividade lúdica sem riscos para quem quer se seja (património histórico, banhistas...).

Vamos lá tentar mudar este rumo triste das coisas. Aquilo que o colega Moncó anteriormente disse digo-o agora por outras palavras, vamos à luta, se estamos descontentes com esta lei desadequada temos de fazer algo para a mudar, é um direito e um dever. Talvez daqui a uns anos possamos fazer um encontro de confraternização, com todo o pessoal do fórum, mas desta vez numa praia à luz do dia, e até quem sabe com escolta policial    107    123  Abram alas pró pessoal do fórum   102
Voltar ao Topo Ir em baixo
saddam
Moderador
Moderador
avatar

Data de inscrição : 09/10/2010

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 18:00

125 grande iniciativa!

_________________________________________________
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 18:05

Colega time traveller,Obrigado pelo apoio posso afirmar que detectorismo é legal nas praias ne Inglaterra e na Espanha..
Acho que existem condições como a do seguro de responsabilidade civil e no caso da inglaterra uma licemsa ou ``permit´´ que se tira na internet...

O nosso argumento é bom, gostaria de envolver uma entidade ambientalista, e dar destaque ao impacto positivo que temos no ambiente..

Claro quie o trabalho acima tem de ser feito mais professional mas é um começo..
Voltar ao Topo Ir em baixo
LOUIS XIV
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 06/12/2012

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 18:46

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Não se pode contactar a quercus ? talvez nos dêem umas dicas não?
Voltar ao Topo Ir em baixo
jose teixeira
Membro Ouro
Membro Ouro


Data de inscrição : 28/03/2013
Idade : 22
Localização : Porto

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 18:57

é uma excelente ideia contactar a quercus! yess
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 19:16

LOUIS XIV escreveu:
http://www.quercus.pt/comunicados/2013/junho/2630-quercus-identifica-336-praias-com-qualidade-de-ouro-em-portugal-para-a-epoca-balnear-2013

Não se pode contactar a quercus ? talvez nos dêem umas dicas não?

É isto mesmo companheiro, isso mesmo, mas o texto tem de ser melhor elaborado, vamos todos trabalhar nisto e colectivamente criar um argumento infalivel, e com o apoio dessas organizações ambientais...

saltar saltar saltar 
Voltar ao Topo Ir em baixo
LOUIS XIV
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 06/12/2012

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 19:20

Penso que numa primeira fase era levar membros da quercus para eles verem o que se tira da areia com uma maquina.... Depois penso que será viável avançar com pedidos...
Voltar ao Topo Ir em baixo
famaral
Membro Ouro
Membro Ouro
avatar

Data de inscrição : 07/01/2013
Idade : 42

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 21:13

Smile Bela iniciativa!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
joaofcrosado
Membro Ouro
Membro Ouro
avatar

Data de inscrição : 05/12/2012
Idade : 29
Localização : Coimbra

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Ter 30 Jul 2013, 23:12

Óptima iniciativa amigo moncó! Apoio e subscrevo!
Voltar ao Topo Ir em baixo
amorais
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 11/10/2010
Idade : 45
Localização : CALLAECI BRACARENSES

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Qua 31 Jul 2013, 00:51

Penso que em França tb é permitido com excepto no local do desembarque do "dia D" devido a possíveis "explosivos" existentes e ocultos nas areias da praia. É necessário uma licença ou equivalente.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Katano
Moderador
Moderador
avatar

Data de inscrição : 22/10/2010
Localização : Algarve

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Qua 31 Jul 2013, 01:00

Muito bem chefe!!
Mandei por Mp umas coisas que te podem ajudar 125
Voltar ao Topo Ir em baixo
HMEGRE
Membro Bronze
Membro Bronze
avatar

Data de inscrição : 16/02/2011
Idade : 42

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Qua 31 Jul 2013, 10:44

FAbuloso trabalho. Parabéns e força
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Qua 31 Jul 2013, 11:09

Qual a entidade que regula a policia maritíma ? ?

é o ministério da admistração interno ?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidado
Convidado



MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Qua 31 Jul 2013, 12:07

Carta hoje enviada a Quercus.


Exmºs Senhores (as)
Venho por este meio, solicitar o vosso apoio, parecer e opinião Professional sob a seguinte matéria.  
Em Novembro do ano passado (2012) iniciei numa actividade praticada ao ar livre e senão complementar à saúde seja essa física ou mental e maioritariamente ao ambiente, o detectorismo.
Comprei um detector de metais e fui para as nossas maravilhosas praias de Portugal praticar esse meu hobby. Já tinha visto inúmeros filmes na internet sobre a prospecção na praia, inscrevi me nalguns fórums para melhor entender a prática do mesmo, somente para descobrir que tal hobby nas praias em Portugal é considerado ilegal, e que o praticante corre risco de lhe ser aplicado uma coima e a perca do aparelho.
Não só em Portugal mas no resto do mundo os arqueólogos e os detectoristas nem sempre estão de acordo sobre a prática e nem sempre estão em harmonia. Isso entendo eu como qualquer um como sendo um assunto ``sensível´´ e até compreendo e apoio pelo parte dos arqueólogos a preservação do património. Mas sinceramente, as praias não têm ruínas Romanas, nem restos materiais de povoações anteriores, o que a arqueologia é essencialmente senão a tentativa de interpretação desses restos.

A praia é composta por areias em constante movimento seja pela acção do mar ou do vento. Movimentos esses que infelizmente arrastam o nosso lixo para os nossos já sobrecarregados oceanos. O que um detectorista faz na praia é a recolha e a recuperação de objectos perdidos tais como moedas correntes, e bens pertencentes aos utilizadores. Existe um código de ética e conduta para os detectorista que se encontra em anexo. Cada praticante, está comprometido pela boa conduta e a ética que obedecemos, a trazer todo o lixo que encontra no exercer da sua actividade.

Caros senhores e senhoras, vai sem dizer que eu literalmente tirei centenas de kilos das nossas praias, em seguida separei nas suas categorias e coloquei nos eco pontos para serem eventualmente reciclados.

Caros senhores e Senhoras, eu sou só um, entre uma comunidade de amantes de natureza e entusiastas que sem recebermos louvores e méritos dedica o seu tempo a apanhar os lixos dos outros despejados no meio ambiente e nas nossas praias. Este hobby anda de mão em mão com a conservação e o respeito a natureza, pois é pelo amor ao mesmo que iniciamos este hobby, estando mais tempo em contacto com a natureza e zonas rurais de beleza natural incomparável.

Ora o meu apelo e a minha razão de vos escrever é que estou a tentar fazer com que este nosso passatempo seja permitida e fiscalizada se assim entenderem  perante a entidade reguladora das praias, a Policia Marítima, sinto me algo frustrado quando um amante de natureza, ao praticar o seu hobby e ao apanhar o lixo dos outros é mandado para casa sob a ameaça de coima, e perca de material. Mas entretanto nada é feito contra os crimes cometidas pelos utilizadores, cigarros, pilhas, folha de alumínio, caricas, garrafas e copos de plástico, fraldas, sacos de plástico. Enfim já encontrei e removi de tudo, mas de tudo mesmo.


Gostaria de ouvir a vossa opinião sobre este assunto, o meu apelo para permitirem a utilização de detectores de metais na praia baseia se nos factos acima e abaixo mencionados, dado que é uma actividade que beneficia o meio ambiente e que é senão o acto de remover objectos não naturais ao meio ambiente a ecossistema da praia. Prevejo só benefícios ao permitirem o mesmo, e se tudo correr como se espera que corra, na emissão de licenças ou autorizações sejam essas permanentes ou temporárias, haverá um valor a dar pelo mesmo, a comunidade detectorista com quem coloquei esta questão e a maioria dos praticantes gostariam de envolver a vossa organização nesse possível receita lucrativo, contribuindo mais ainda para a conservação da natureza e a protecção do nosso meio ambiente e praias.

Grato pela vossa atenção, e com os melhores cumprimentos

Moncó pisca 



Anexo

O acto da utilização de um detector de metais na praia é um passatempo real, praticado por muitos só que infelizmente para o praticante o mesmo não é reconhecido pela ``lei´´ e é senão considerado uma actividade ilegal, aqui inicio o meu apelo, movimento que irei seguir com toda a devida determinação e convicção para que possua se praticar o mesmo sem receio de sermos marginalizados ou penalizados pela Lei.

O detectorismo praticado na praia tem como benefícios as seguintes.

Limpeza:

A limpeza geral das praias, faz parte da ética de um detectorista remover todo o lixo que é alvo do seu detector e colocar o mesmo na reciclagem. Em anexo apresento organizações voluntárias que periodicamente fazem o mesmo, nos detectoristas também queremos dar o nosso contributo voluntário, para cuidar do nosso ambiente e o nosso património ricissimo e muito procurado por muitos, as praias.

Formação / educação/ mudança da mentalidade:

É senão impressionante o que um detectorista aprende no decorrer do seu passatempo, a quantidade de lixo abandonado nas praias, o pouco respeito pelo ambiente e a falta de educação referente ao nosso impacto no nosso ambiente.
Se somente um detectorista possua influenciar e mudar a mentalidade de um utilizador da praia e esse individuo por sua vez retransmitir os mesmo a um terceiro, forma se uma cadeia de indivíduos sensibilizados as acções e consequências de poluentes, tornando o mundo cidadão por cidadão um lugar mais em equilíbrio e respeitador da natureza.  

Benefício moral / sentimental / emocional:

Anunciar e devolver os proprietários pertences de valor sentimental tais como alianças e outras jóias, muitas das vezes heranças da familiares já falecidos e insubstituíveis e sem preço. Se algum de vos no passado tivesse a infelicidade de perder algo de valor sentimental incalculável, será senão solidário com este pequeno beneficio.

Economia;

Recolher e reintroduzir no círculo financeiro moedas correntes perdidas pelos utilizadores das praias, que para além de estarem perdidas e sem benefício ao nosso sistema monetário ou económico são senão poluentes que com a acção corrosiva do mar salgado e abrasivo da areia irão se deteriorar e poluir o seu ambiente redor.
Se uma sessão ou ida a praia render ao praticante um valor monetário em moedas de € 10.oo ou até € 20.oo é mais esse dinheiro físico que um contribuinte tem para por novamente no circulo monetário, possivelmente fazendo consumos adicionais que anteriormente não fazia beneficiando o comercio local directamente e indirectamente.

Perca de receita:

Para exercer tal modalidade, haveria de requerer 2 coisas essenciais a boa prática do mesmo.

1º  
Licença
Concedida para a prospecção na praia (somente na praia / sob condicionamento de horário e local), não abrangido a prospecção subaquática, salvaguardando assim património subaquático e não entrando em conflito com a arqueologia subaquática, reservado aos profissionais, se as entidades competentes cobrassem um valor monetário aos pretendidos ``prospectores calcula se uma receita ao favor da entidade regulador ou responsável significativo, tal como sucede na pesca lúcida.


Responsabilidade civil.
É senão sensato e responsável um praticante desta modalidade requisitar um seguro de responsabilidade civil, vai sem dizer que esta actividade requer uma ligeira escavação ao remover o objecto alvo, ou em muitas das vezes o lixo e poluentes, embora a nossa ética e código de conduta obriga no a tapar quaisquer buracos ou após a extracção do objecto / lixo e poluente e sair do local deixando o mesmo tal conforma na encontrou, menos o objecto alvo, ou lixo / poluente.
Não é sem possibilidade de que um buraco possua passar esquecido, caso esse buraco ou as acções de um praticante desta modalidade venham causar danos o mesmo e abrangido pelo seguro.

Reciclagem:
Se cada detectorista for cumpridora da ética que envolve a modalidade, por sessão ou ida a praia estima se que recolhe se um mínimo de 1 kilo de lixo, maioritariamente composto pró, caricas, ``pulltabs´´ folha de alumínio, pacotes de cigarros, pilhas, contentores de plástico, etc.,
No período de um ano remove se uma quantidade significativa de poluentes das praias, coloca se na reciclagem uma quantidade de materiais recicláveis como o alumínio que sendo reciclado utiliza somente 5 % da energia na sua transformação de que na sua produção inicial. Plástico utiliza somente 10 %, um décimo, vidro 30 %, trinta porcento, e no caso do papel 60 % sessenta porcento.

Saúde / sistema nacional de saúde:
É facto que neste nosso século, e mais nestas ultimas décadas, o ser humano em geral e a humanidade esta a passar um tempo de crise e tem um estilo de vida diferente daquela para o qual a nossa máquina maravilhosa (o corpo Humano) foi concebida. Vidas sedentárias, ma alimentação, abusos, stress e a falta de actividade física tem posto os seres Humanos e a sistema de saúde sob um imenso esforço, é considerado por peritos a epidemia do século XXI.
O exercício regular, como caminhadas, esta comprovado pelos mais entendidos um factor de extrema beneficio, reduzindo significativamente o risco de complicações de saúde e doenças crónicas, que pró sua vez reduz a dependência ao já sob carregado e quase esgotado sistema de saúde nacional.
Não esquecendo o facto também comprovado de que um corpo saudável uma mente também saudável, reduzindo a dependência de apoio emocional e mental consequência de um estilo de vida stressante e exigente.




Fotografias das minhas ultimas saídas..




Coloquei as fotos das moedas e lixo 100  muito lixo








Código de ética


Código de Ética

Todo o prospector de metais de boa vontade compromete-se a:

1º Conhecer as leis da prospecção e Património Arqueológico de Portugal;
2º Não detectar em sítios arqueológicos, zonas classificadas, ou em vias de classificação;
3º Não praticar o hobbi com espírito de lucro. Não vender ou efectuar; qualquer tipo de negócio com os achados quer este envolva dinheiro ou a troca de géneros;
4º Não deixar lixo no chão. Todo o lixo que desenterrar deve ser colocado num local para o efeito;
5º Não acender fogueiras fora dos sítios preparados para o efeito;
6º Não perturbar pessoas, fauna e a flora que o rodeia;
7º Não deixar os seus buracos destapados, nem danificar os locais em que detectar;
8º Informar as autoridades competentes quando se deparar com a descoberta de diversos artefactos importantes;
9º Alertar as forças de segurança na eventualidade de encontrar armamento não desactivado, tal como explosivos ou armas;
10º Denunciar ás autoridades competentes, o conhecimento de indivíduos que detectem em sítios arqueológicos, zonas classificadas, ou em vias de classificação;
11º Respeitar a propriedade privada;
12º Respeitar todas as práticas agrícolas;
13º Na sua detecção estar sempre disponível para dar o alerta ou socorrer outro detectorista ou pessoa em dificuldades;
14º Ser responsável pela salvaguarda de toda a informação possível referente aos seus achados;
15º Ser responsável pela conservação das peças, familiarizando-se com os métodos e técnicas de conservação;
16º Usar ponderação, consideração e cortesia em todos os momentos da sua detecção;
17º Ensinar e dar a conhecer as boas práticas a todos os detectoristas;
18º Estar sempre disposto a explicar o funcionamento e todas as boas práticas que abrangem a prospecção, a pessoas que se mostrem curiosas;
19º Nunca desrespeitar, esconder-se ou fugir, evitando deixar mal vista a comunidade de prospectores Portuguesa;
20º Nunca danificar paredes, muros ou vedações;
21º Deixar portões/cancelas/portadas e todos os outros meios de acesso a um determinado sitio, tal como os encontrou;


Este é um conjunto de normas ou regras baseadas na norma pela qual todos se devem de reger, a do princípio do bom senso.





Fotografias da internet

 
 Coloquei fotos dramaticas, mas verdadeiras..

vamos ver a resposta...

P.S Katano tens cópia do original no teu email.pisca
Voltar ao Topo Ir em baixo
LOUIS XIV
Membro Platina
Membro Platina
avatar

Data de inscrição : 06/12/2012

MensagemAssunto: Re: Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....   Qua 31 Jul 2013, 13:01

104 104 104 104 104 ....

Vamos ver agora o que eles tem para dizer rezar
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 8Ir à página : 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Prospecção na praia, inicio de uma batalha longa, apelo para apoio.....
» Prefeito de Maceió é flagrado com carro atolado em praia de proteção ambiental e tráfego proibido
» GS-500 Praia Grande-SP
» Passeio de Mossoró/RN à Praia de São Cristovão/RN
» INDAIATUBA NÃO É PRAIA MAS TEM BUGUEIRO

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
****Prospectores de Portugal**** :: Fórum de Prospecção de Metais em Portugal :: Regulamento & Apresentação. :: Dúvidas sobre a Legislação-
Ir para: